AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL – SAIBA ONDE DESCARTAS VIDROS

Em fase final de construção, os Ecopontos servirão como locais para entregas voluntárias de materiais recicláveis ou reutilizáveis, a serem gerenciados em parceria entre o poder público e as cooperativas de catadores conveniadas, e estão previstos para funcionarem ainda em 2020.

Atualmente Marília já possui diversos pontos de recebimento de materiais passíveis de reciclagem ou reaproveitamento, visando cuidados ambientais em promoção à sustentabilidade e inclusão social no município.

O objetivo da reciclagem ou reutilização é reduzir a extração de matéria prima diretamente do meio ambiente, evitando danos às áreas suscetíveis de exploração comercial. Assim, busca-se reaproveitar o material já existente, reutilizando os insumos para a produção de novos produtos que necessitam da mesma matéria prima para sua fabricação.

Diversas empresas e instituições já realizam a coleta de materiais recicláveis ou reutilizáveis na cidade, colaborando com a captação destes itens nocivos ao meio ambiente, quando descartados de forma incorreta, reaproveitando materiais na produção de novos insumos a serem reutilizados no setor industrial.

“Toda semana estamos publicando exemplos de materiais que podem ser encaminhados para reciclagem ou reuso, e os pontos de coleta existentes” explicou o Secretário do Meio Ambiente Limpeza Pública, Vanderlei Dolce.

HOJE VAMOS FALAR DE VIDROS

Os vidros podem ser totalmente reaproveitados no ciclo produtivo da reciclagem, sem nenhuma perda de material. A reutilização do vidro para a produção de novas embalagens consome menor quantidade de energia e emitem resíduos menos particulados de CO2, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Outro aspecto é o menor descarte de lixo, reduzindo os custos e riscos durante a coleta urbana, e aumentando a vida útil dos aterros sanitários.

O vidro é 100% reciclável e pode ser reciclado inúmeras vezes, pois é feito de minerais como, areia, barrilha, calcário e feldspato. Ao agregarmos o caco na fusão, diminuímos a retirada de matéria-prima da natureza.

Sua reciclagem e reutilização promovem a inclusão social, gerando rendas e colaborando consideravelmente com o meio ambiente, reduzindo o uso de energia e água na extração de matéria prima e na produção de novos insumos.

Em Marília, um dos pontos de coleta e reciclagem de vidros está sob os cuidados da professora Marli do Nascimento Bôas, proprietária da Recicla Vidros Bôas, que agenda recebimentos ou retiradas através do telefone (14) 99743-7392.

Por fim leia mais O Mariliense