PREFEITURA RECEBE DOAÇÃO DE CINCO DESFIBRILADORES DA JBS

Nesta segunda-feira (13), a JBS entregou cinco desfibriladores à Prefeitura Municipal de Marília. Essa é mais uma doação da empresa para a cidade dentro do seu programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”.

No último dia 8, foram entregues à Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Marília cerca de 50 mil equipamentos de proteção individual (EPIs), como aventais, luvas de procedimento, máscaras cirúrgicas e N95, toucas e viseiras faciais –, além de 30 litros de álcool em gel, seis mil sacos de lixo e 60 estetoscópios.

Marília é um dos mais de 200 municípios que serão beneficiados pelo programa no Brasil. No Estado de São Paulo, a JBS fará a doação de R$ 39 milhões, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 29 milhões para 34 cidades paulistas, beneficiando mais de 18 milhões de pessoas.

“A JBS estruturou um programa dedicado a apoiar o país no enfrentamento a essa pandemia. Essa nova doação que chega à cidade vem em um momento oportuno. Quando tudo isso passar também teremos deixado um legado importante para o sistema de saúde da região”, diz João Monteiro, gerente industrial da unidade da JBS em Lins (SP), município próximo a Marília.

“Para nós é uma alegria muito grande receber essas doações da JBS. Desde o início dessa pandemia, temos encontrados na iniciativa privada muitos empresários conscientes e que nos ajudaram e muito, seremos eternamente gratos”, disse o Prefeito de Marília Daniel Alonso. Todo o material foi recebido pelo Secretário da Saúde, Cássio Luiz Pinto Junior e os colaboradores do SAMU de Marília.

“Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”

Os R$ 400 milhões que serão doados pela JBS contra a pandemia no Brasil serão aplicados nas três frentes de atuação do programa – saúde, assistência social e ciência. A estimativa é que mais de 63 milhões de pessoas sejam beneficiadas com as ações.

A alocação dos recursos considera um diagnóstico feito com sistemas de saúde municipais e estaduais e incluiu entrevistas e análise de dados. Essas informações foram avaliadas por especialistas dos três comitês independentes do programa da JBS nas áreas de saúde, social e ciência e que, com larga experiência em seus respectivos setores de atuação, apoiaram na definição das ações e projetos atendidos. 

Por fim leia mais O Mariliense