OBRAS DE EXPANSÃO DE REDE DE GÁS NATURAL EM MARÍLIA SEGUEM EM RITMO ACELERADO

As obras do projeto de expansão da rede de distribuição de gás natural em Marília, que são realizadas pela GasBrasiliano, concessionária de gás natural do Noroeste do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Marília, seguem em ritmo acelerado e já estão com 40% dos serviços executados.

Com investimento superior a R$ 1 milhão, estão sendo construídos aproximadamente 4 km de gasodutos, que passarão por algumas das principais ruas e avenidas da região central da cidade.

A expansão está sendo realizada pelo método não-destrutivo, um tipo de obra em que são realizadas aberturas a cada 100 metros da pavimentação para entrada e saída do furo dirigido e instalação da tubulação, sem a necessidade de abertura de valas contínuas, preservando a pavimentação em toda área em que a tubulação é instalada, com reduzidos danos à via pública e transtornos à comunidade.

Os serviços já foram executados nos seguintes locais: Avenida Rio Branco, Rua 24 de Dezembro, Rua Thomas Mascaro e Avenida Presidente Roosevelt, com 1.600 metros de rede já assentados.

Há também um trecho concluído nas ruas Coronel José Braz e 7 de Setembro, sendo que outro trecho desses locais será feito até o final desta semana.

Nesta terça-feira, dia 21, a equipe está trabalhando na Avenida Sampaio Vidal, próximo ao cruzamento com a Rua Palmares, subindo pela Avenida Sampaio Vidal, sentido Avenida Rio Branco.

A obra ainda será realizada na Av. Sampaio Vidal (já em andamento), Rua Paes Leme, Rua Maranhão, Rua Marechal Deodoro, Rua Floriano Peixoto e Rua Palmares. A previsão é que todo o trabalho seja executado até a primeira semana de agosto.

A construção da rede possibilitará que cerca de 800 novos consumidores residenciais e diversos estabelecimentos comerciais, como hotéis e restaurantes, sejam beneficiados com o gás natural canalizado, fonte de energia eficiente, segura, versátil e sustentável.

UTILIZAÇÃO

Atualmente o gás natural é utilizado em Marília por 34 indústrias, 26 estabelecimentos comerciais e mais de 800 unidades residenciais. A cidade também conta com um posto de combustível revendedor do gás natural veicular, também conhecido como GNV.

“Nos edifícios residenciais o gás natural pode ser usado para cocção nos fornos e fogões e também no aquecimento da água dos chuveiros e de áreas comuns como piscinas e saunas. Nos comércios ele se destaca pela versatilidade, podendo ser utilizado inclusive em processos de produção e finalização ou ainda em máquinas e equipamentos específicos”, explica Thais Yamane, gerente de mercado urbano e veicular da GasBrasiliano.

Por fim leia mais O Mariliense

fonte: Comunicação PMM