Mais de 104 mil pessoas já se vacinaram contra a gripe em Marília

Até esta quinta-feira, dia 30 de julho, já foram aplicadas 104.515 doses da vacina contra a gripe e 2.878 doses da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola).

As duas campanhas no entanto seguem até o próximo dia 31 de agosto.

Em relação aos grupos prioritários da vacina contra a gripe, até agora a cobertura vacinal em Marília atingiu 72,55% das crianças de seis meses a menores de seis anos;

53,65% das gestantes; 42,51% das puérperas; 100% dos trabalhadores da Saúde; 100% dos idosos;

53,81% de adultos entre 55 e 59 anos, 73,15% do grupo de comorbidades e 68,69% dos professores de escolas públicas e privadas.

Também receberam as vacinas contra a gripe 2.156 caminhoneiros e motoristas do transporte coletivo e 942 pessoas do grupo de forças de Segurança e Salvamento, além de 17.379 pessoas que não fazem parte do grupo prioritário e que agora estão autorizadas a receber a vacina.

A campanha de vacinação contra a gripe no entanto está aberta para toda a população independente da faixa etária, e não só para os grupos prioritários. Ela protege contra a Influenza e os subtipos virais A (H1N1 e H3N2) e também Influenza B.

TRÍPLICE VIRAL

A campanha de vacinação contra o sarampo, caxumba e rubéola, vacinou até agora 2.878 pessoas com idades entre 6 meses a 49 anos.

A campanha tem os seguintes públicos alvo: Crianças de 06 meses a 11 meses e 29 dias, devem receber uma dose de intensificação; Pessoas de 1 ano a 29 anos, caso tenham recebido apenas uma dose, deverão procurar uma unidade de saúde para receberem a segunda dose da Tríplice Viral (Sarampo, caxumba e Rubéola); e pessoas de 30 a 49 anos de idade devem receber uma dose de Tríplice Viral independente da quantidade de dose recebida.

Juliana Carvalho Bortoletto, enfermeira da Sala de Vacina do município, ressalta que “esta vacina tríplice viral é contraindicada para Gestantes”.

O secretário municipal de Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior, reafirmou a importância da vacinação. “A vacinação é uma das formas mais eficazes de proteção contra alguns tipos de doença e por isso é importante as pessoas receberem a vacina”.

Por fim leia mais O Mariliense

Fonte: Comunicação PMM