Prefeitura diz que Marília seguirá o Estado

Na tradicional coletiva de imprensa que a prefeitura tem feito desde o começo da pandemia as sextas-feiras, o prefeito Daniel Alonso reforçou que Marília como é a base da DRS e portanto, tem que seguir as recomendações do Plano São Paulo. Pois os números da regional foram muito altos mesmo Marília tendo variação negativa.

Segundo o prefeito, a Ocupação de Leitos preocupa, pois desde o início a cidade nunca teve uma ocupação de leitos tão alta. Devido a isso e ouvindo o comitê de combate ao coronavírus de Marília, a cidade estará na fase laranja à partir de segunda feira (24), seguindo o plano do estado.

O Secretário de Saúde do município Cássio Pinto reforçou que existe hoje na rede de saúde a maior ocupação desde o começo da pandemia, exemplificando que somente da cidade de Garça/SP temos 12 pacientes na UTI do HC (Hospital das Clínicas). Cássio destacou também que o HC tem condições de realizar testes de Covid-19, porém necessita da autorização do estado. Isso ajudaria a desafogar as UTIs com testes rápidos, podendo realocar os pacientes que testarem negativo para outro tipo de tratamento.

Na próxima segunda-feira (24)  volta novamente a proibição do Atendimento Presencial nos Restaurantes e Praças de Alimentação. Além de fechar os Salões de Beleza e Barbearias, Clubes e Academias, Cultos e Missas Presenciais. O Comércio voltará a trabalhar por 4 horas tal como os Shoppings Centers da cidade.

Por fim leia mais O Mariliense