Clássicos no Brasileirão neste final de semana

Palmeiras bate Santos

A tarde deste domingo também teve clássico no Morumbi, que terminou com vitória de 2 a 1 do Palmeiras sobre o Santos.

Luiz Adriano, centroavante do Palmeiras, abriu o placar em cobrança de pênalti em um dos últimos lances da etapa inicial. A penalidade foi marcada após toque de mão de Alison, que estava na barreira em cobrança de falta de Bruno Henrique. O atacante Luiz Adriano bateu forte, e o goleiro santista João Paulo, que até foi na bola, não conseguiu evitar o gol.

Mas, logo no início da etapa final, o Santos conseguiu igualar o placar. Aos dois minutos, Sánchez cruzou na área, Jobson desviou de cabeça e Ramires mandou contra o próprio gol. 1 a 1.

Depois, o Palmeiras, que tinha uma leve superioridade, conseguiu marcar mais um. E foi um belo gol, mas que começou com um erro na saída de bola do Santos. Jobson tentou virar o jogo, mas deixou a bola no pé do meia Lucas Lima. Daí o lance seguiu para William e para Patrick de Paula, que pegou de primeira, de dentro da área, para fazer um golaço e definir a vitória do Verdão. 2 a 1. Com o resultado, o Palmeiras alcança os oito pontos, enquanto o Santos fica com sete.

Flamengo e Botafogo

O primeiro clássico carioca no Campeonato Brasileiro terminou sem vencedor. O Flamengo empatou em 1 a 1 com o Botafogo neste domingo (23), em jogo disputado no estádio do Maracanã válido pela quinta rodada. Não foi desta vez que os rubro-negros conquistaram a primeira vitória no estádio atuando pelo Brasileirão. Até o momento foram três jogos, sendo dois empates e uma derrota. Já os alvinegros mantiveram a invencibilidade na competição, com três empates e uma vitória.

Coritiba vence a primeira

Na tarde deste domingo, o Coritiba superou o Bragantino por 2 a 1, fora de casa, e conseguiu os primeiros três pontos nesta edição do Campeonato Brasileiro. Com a orientação do técnico interino Mozart, a vitória veio de virada após quatro derrotas seguidas. No estádio Nabi Abi Chedid, os donos da casa abriram o placar com Alerrandro. O Coritiba empatou na sequência com Sabino, em cobrança de pênalti. E, na etapa final, Robson virou o jogo para o Coxa.

 

Por fim leia mais O Mariliense

Fonte: Agencia Brasil