Aulas presenciais da rede estadual e particular de ensino de Marília também serão suspensas em 2020

Depois de confirmar que a Rede Municipal de Ensino não retomaria as aulas presenciais no ano de 2020, o Prefeito Daniel Alonso decidiu tomar a mesma medida para a rede estadual e particular de Ensino de Marília. O decreto será publicado na manhã desta quinta-feira (1º) em edição extra do Diário Oficial.

A decisão da não retomada aconteceu após Audiência Pública realizada no auditório da prefeitura na tarde desta quarta-feira (30), com o Conselho de Educação de Marília, representantes de escolas particulares, APEOESP, entidade representativa dos professores do estado, professores e pais de alunos.

A não retomada atende a grande maioria dos alunos, pais, professores, diretores e empresários da rede particular de ensino. As aulas seguirão on-line em todas as redes de ensino sendo que cada uma delas tem sua própria plataforma de ensino. As universidades e berçários (que não possuem ensino pedagógico) podem funcionar com as devidas restrições.

Educação em Casa

Em relação à rede Municipal a prefeitura afirma que não haverá prejuízo pedagógico aos alunos, já que o Programa Educação em Casa, lançado no dia 28 de abril, em parceria com o Univem (Centro Eurípides Soares da Rocha) e com a Câmara Municipal, é um grande sucesso, uma vez que quase 80% dos alunos já acessaram a plataforma e estão realizando as atividades.

Através da plataforma Google For Education, os mais de 19 mil alunos da Rede Municipal de Ensino de Marília têm acesso ao conteúdo pedagógico desenvolvido pelos professores durante esse período da pandemia.

Caso a família não tenha acesso à internet – PC, notebook ou celular – todo o conteúdo é disponibilizado também na forma impressa pelas escolas municipais. As plataformas de acesso ao programa são: https://www.marilia.sp.gov.br/educacaoemcasa e https://www.univem.edu.br/educacaoemcasa/.

 

Fonte: Comunicação PMM

 

Por fim, leia mais em O Mariliense