Camarinha afirma que investir no abastecimento de água será prioridade no governo

Na primeira semana de campanha, os candidatos a prefeito Abelardo Camarinha (Podemos) e Paulo Alves (Progressista) participaram de dezenas de reuniões com lideranças comunitárias e representantes de classe. “Estamos recebendo representantes das quatro regiões da cidade, são muitas as demandas de Marília, infelizmente a cidade carece de investimentos urgentes, como no abastecimento de água e no atendimento dos postos de saúde”, disse Camarinha.

Nesta última semana, com temperaturas que ultrapassaram os 40 graus, a população de Marília, mais uma vez, sofreu com a falta de água. É importante destacar, que nas gestões de Camarinha, foi construída a barragem do Córrego do Arrependido, com vazão de 2 milhões litros de água/hora e perfurados 40 poços, porém a cidade cresceu.

“Moradores, principalmente na zona Norte, sentiram na pele a falta do precioso líquido. É inadmissível que essa situação continue. Não houve a perfuração de nenhum poço nesse atual governo, tudo ficou na promessa, na enganação. Nosso Plano de Governo é claro, quanto a isso, vamos terminar a obra do Ribeirão dos Índios, perfurar um poço na zona Norte, na região dos bairros Jânio Quadros, Figueirinha e Palmital, com vazão de 400 mil litros/hora, construir reservatórios e poços na zona Oeste, também na zona Leste, trocar as bombas de captação de água, para aumentar a oferta para os consumidores, adquirir carros-pipa para atender casos emergenciais, promover programas de combate a perdas de água na rede física, contratar novas equipes para agilização nos serviços de manutenção das redes de água e esgoto, construir caixa d’água no Jardim Santa Paula e reabrir as minas d’água, por exemplo”, destacou Camarinha.

Nesta sexta-feira (2), eles estiveram numa reunião no Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Marília. “Vamos trabalhar pela geração de novos postos de trabalho e fortalecimento dos nossos distritos industriais, com a doação de áreas e incentivos à categoria. Marília é referência na indústria alimentícia e ouvir o setor é fundamental para o nosso trabalho”, comentou Camarinha.

Após a reunião no sindicato, Camarinha e Paulo Alves foram recebidos pelo bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini. “Dom Luiz é uma liderança regional, que respeitamos e todo diálogo é muito importante. Agradecemos ao acolhimento”, reiterou Paulo Alves.

Nas redes sociais, a campanha da coligação Reconstruir Marília é crescente. São inúmeras mensagens de apoio a Camarinha. Acompanhe aqui a agenda e o plano de governo dos principais candidatos a prefeitura de Marília.

 

Por fim, leia mais O Maríliense