Palmeiras goleia Delfín e avança na Libertadores

O Palmeiras garantiu vaga nas quartas de final da Copa Libertadores após golear o Delfín (Equador) por 5 a 0 em partida realizada nesta quarta-feira (2) no Allianz Parque, em São Paulo.

Após vencer a partida de ida, disputada no estádio Jocay na cidade equatoriana de Manta, por 3 a 1, a equipe chegou ao confronto desta noite em situação muito confortável.

Vitória tranquila

Mesmo atuando em casa, o Palmeiras dominou o primeiro tempo, mantendo a posse de bola e criando várias oportunidades. E de tanto tentar, a equipe brasileira abriu o placar aos 28 minutos com um belo gol. O volante Patrick de Paula aproveitou uma sobra de bola e acertou um chute muito forte no ângulo do gol defendido por Banguera.

O 1 a 0 permaneceu até o intervalo, mas bastou a etapa final começar para o Palmeiras conseguir vencer a defesa adversária novamente. Logo aos 3 minutos, o garoto Gabriel Verón recebeu lançamento de Danilo e bateu por cobertura para garantir o 2 a 0.

Mas o Verdão queria mais, e conseguiu aos 6, quando Gabriel Verón achou o atacante Willian. A partir daí o Palmeiras fez o que quis no confronto.

Assim, aos 14 minutos Raphael Veiga cruza para Gabriel Verón acertar um voleio para fazer o seu segundo no jogo, e o quarto do time paulista.

E o quinto veio já nos acréscimos, quando Gabriel Silva toca para Danilo superar a defesa adversária.

Desta forma o Palmeiras se tornou a segunda equipe brasileira a alcançar as quartas de final da atual edição da Libertadores, junto com o Santos. Flamengo e Athletico-PR já foram eliminados, enquanto Internacional e Grêmio lutam pela sua vaga.

Corinthians fica no 0 a 0 

Em partida isolada, que abriu a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza e o Corinthians ficaram no 0 a 0 em partida realizada no estádio do Castelão nesta quarta-feira (2).

Com a igualdade, as duas equipes ficaram com 30 pontos, com o Leão do Pici na 9ª posição e o Timão em 10º.

O jogo

Com baixo nível técnico, a partida teve poucos lances de emoção. No segundo tempo, o Corinthians reclamou muito de um lance no qual o volante Gabriel é derrubado por Felipe dentro da área do Fortaleza. Mas o árbitro não marcou pênalti.

Também merecem destaque as expulsões de Jô, pelo Corinthians, e de Bruno Alves, pela equipe da casa, na etapa final.

 

Por fim, leia mais O Mariliense

Fonte: Agencia Brasil