Prefeitura, Câmara e Acim fazem alinhamento para adequar horário especial dentro do Plano SP

Encontro de trabalho realizado na manhã desta quarta-feira, dia 2 de dezembro, na sala da presidência do Poder Legislativo, alinhou os horários especiais do comércio dentro do Plano São Paulo de enfrentamento da covid-19. Estiveram na reunião o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Rezende (PSD), secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Nelson Mora, chefe do gabinete da presidência da Câmara, Sandro Espadoto, chefe do setor de Fiscalização Municipal, Juliano Battaglia, diretor da Vigilância Sanitária de Marília, Luciano Vilela, e o superintendente da Associação Comercial e Industrial de Marília (Acim), José Augusto Gomes, o Guto.

“Neste mês de dezembro, por conta das compras de Natal e pensando na contingência para que os casos de covid-19 não nos surpreendam negativamente, organizamos esta reunião com os setores estratégicos e a representação da classe produtiva. Queremos proporcionar as condições ideais para que os comerciantes possam vender seus produtos, os comerciários desenvolverem suas funções e a cidade abrigar com segurança os consumidores daqui e da região”, comentou o vereador e presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende.

Guto Gomes, da Acim, informou que o Plano São Paulo será cumprido fielmente e que nos dias 8, 20, 24 e 31 de dezembro o comércio atenderá das 9h às 17 horas. “A partir do dia 7 de dezembro, segunda-feira da próxima semana, o horário estabelecido será das 10h às 20 horas, sem fechamento no almoço. São 10 horas diretas para que os consumidores possam, com segurança e dentro das regras sanitárias, efetuar suas compras natalinas”, contextualizou o superintendente da Associação Comercial.

O chefe da Fiscalização Municipal, Juliano Battaglia, informou que shoppings e centros de compras estarão funcionando das 11h às 21 horas. “A fiscalização estará nas ruas, conferindo o andamento do comércio, levando orientações e combatendo as aglomerações. Importante lembrar que todas as normas de segurança e protocolos sanitários precisam ser respeitados, como o uso obrigatório de máscaras, uso de álcool em gel e o distanciamento”, comentou. O mesmo rigor será aplicado aos ambulantes que nesta época do ano percorrem o comércio com mais intensidade.

A coleta do lixo na região do comércio será diária a partir das 21 horas. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Mora, explicou que haverá decoração natalina e que a mesma está a cargo da Secretaria Municipal da Cultura. “Instalaremos as 19 árvores de Natal confeccionadas no ano passado através da gincana realizada com as escolas e estudantes municipais, que recolheu garrafas pets. As árvores ficarão dispostas em diversos pontos da cidade, conferindo atmosfera decorativa a Marília”.

O diretor da Vigilância Sanitária, Luciano Vilela, lembrou que Marília estava na Fase Amarela mesmo antes do recente decreto do Governo de São Paulo. “Nesta fase, também chamada de fase 3, as aglomerações estão proibidas, o distanciamento de um metro e meio deve ser respeitado, ocupação em estabelecimentos limitada a 40% da capacidade e horário de funcionamento reduzido a 10 horas sendo 22 horas a hora limite”, frisou.

Amanhã, dia 3, pela manhã uma reunião com representantes de bares e restaurantes deve ocorrer na Prefeitura para determinar novas regras para o setor, já que muitos não tem respeitado as regras impostas pelo Plano São Paulo, determinado pelo Governo Estadual.

Por fim, leia mais O Mariliense

Fonte: Comunicação PMM