Direitos Humanos se reúne com Instituto Afrobusiness em busca de parcerias

No último dia 9, o Secretário Delegado Wilson Damasceno recebeu na Secretaria de Direitos Humanos, o Ex-Vereador Maurício Roberto, acompanhado do Professor Universitário Samuel Augustto e da Consultora Organizacional Simone Santos, para apresentar a startup Instituto Afrobusiness, com programa de capacitação profissional e desenvolvimento pessoal voltado à comunidade negra.

Na reunião, o Profº Samuel Augustto falou que o Instituto Afrobusiness irá promover ações visando cooperar e oferecer informação, capacitação, formação e um acompanhamento por meio de mentorias corporativas para pessoas que já empreendem ou pretendem empreender, bem como reconhecer profissionais e personalidades negras com o “Troféu Destaque Negro”.

No 1º Afro Business Conference, análogo ao Troféu Raça Negra da Capital Paulista, que será realizado em Marília no final deste ano, estão, entre os propósitos, criar referencias de profissionais para as crianças negras e reforçar nelas sua capacidade para, também, ocupar espaços na sociedade, de modo a conduzir à normalização da posição social do afrodescendente no cotidiano.

Segundo Simone Santos, “o preconceito nos faz perder a humanidade tanto dos que sofrem ou dos que praticam. Queremos dar visibilidade aos invisíveis apagados pela indiferença, pois somos todos seres humanos, não passar despercebidos”.

“A vocação pela causa social, somadas a qualificação técnica constante e a limitação do Estado, me motivaram a construir há 5 anos esse programa que hoje estamos fundando como um negócio jurídico de altíssimo impacto social. Buscaremos despertar e promover a equidade racial por meio da promoção do afro empreendedorismo, desenvolvimento pessoal de profissionais intelectuais, liberais e liderança negra”, pontuou o Profº Samuel Augustto, idealizador do Instituto Afrobusiness.

Presente na reunião, o Ex-Vereador Mauricio Roberto disse que o Instituto Afrobusiness tem essa ideia, cujos objetivos principais são congregar profissionais de diversas áreas do direito, da literatura e outras áreas acadêmicas, envolvendo jovens e outros na sociedade de forma geral, como também fazer parceria com a Secretaria de Direitos Humanos, visando atingir toda a camada social, e assim promover a cooperação mutua de forma a atingir os objetivos de igualdade racial.

Agradecendo a honrosa visita dos profissionais afrodescendentes, o Secretário Delegado Wilson Damasceno manifestou que a administração do Prefeito Daniel e Vice Cícero do Ceasa, certamente está aberta para essa parceria com o Instituto Afrobusiness via Secretaria Municipal de Direitos Humanos, incluindo o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que tem na presidência a Profª Marilis Custódio de Lima Machado.

 

Por fim, leia mais O Mariliense

Fonte: Comunicação PMM