Prefeitura orienta a população sobre o descarte correto do lixo eletrônico

A Prefeitura está orientando a população sobre o descarte correto do lixo eletrônico, material altamente nocivo ao meio ambiente quando descartado de forma incorreta, e passível de reuso quando entregue em locais qualificados para recebimento. O objetivo da gestão Daniel Alonso é fazer com que Marília se torne um município sustentável.

A administração pública tem buscado desde o início da gestão a melhoria da qualidade de vida da população e isso passa por cuidar bem do meio ambiente, sendo que uma de suas ações foi à busca de instalação de Ecopontos na cidade.

Os Ecopontos servem como locais de descartes para entregas voluntárias de materiais recicláveis, a serem gerenciados em parceria entre o poder público e as cooperativas de catadores conveniadas, visando os cuidados ambientais em promoção à sustentabilidade e inclusão social no município.

O objetivo da reciclagem é reduzir a extração de matéria prima diretamente do meio ambiente, evitando danos às áreas suscetíveis de exploração comercial. Assim, a reciclagem visa reaproveitar o material já existente, reutilizando os insumos para a produção de novos produtos que necessitam do mesmo material em sua fabricação.

Por isso, leis e ações estão sendo desenvolvidas para tornar nossa cidade modelo em desenvolvimento sustentável, preocupando-se desde a origem na produção dos insumos, até seu descarte final, dando o destino ambientalmente correto para cada item a ser descartado, segundo a sua espécie.

Diversas empresas e instituições já realizam a coleta de materiais recicláveis ou reutilizáveis na cidade, colaborando com a captação destes itens nocivos ao meio ambiente, quando descartados de forma incorreta, reaproveitando materiais na produção de novos insumos a serem reutilizados no setor industrial.

LIXO ELETRÔNICO

Computadores, tablets, impressoras, acessórios de informática e televisores podem ser doados ao Projeto ReciclaEtec, desenvolvido pela Etec Antônio Devisate, sob coordenação do Professor Fábio Henrique Zanella Moura.

Os materiais podem ser entregues na avenida Castro Alves, 62, sob agendamento, na região central do município. Contatos e informações poderão ser obtidos através dos telefones (14) 99761-3568, (14) 99750-1073, e os projetos poderão ser conhecidos através o site.

Ainda, o Ecoponto Nova Marília, localizado na Rua Joaquim Dias, 45, bairro Nova Marília, está apto a receber este tipo de material, por se tratar de local coberto. O Centro de Educação Ambiental, no bosque municipal, também funciona como ecoponto para recebimento do lixo eletrônico.

Todo material recolhido é reutilizado em projetos de educação ambiental ou entregue a empresas especializadas no reaproveitamento ou na logística reversa dos produtos.

Os materiais descartados nos Ecopontos fixos instalados nas principais ruas e avenidas da cidade pertencem às cooperativas organizadas que gerenciam os locais, e estes se tornam responsáveis pela destinação dos resíduos recicláveis coletados, encaminhando-os à empresas especializadas segundo as características de cada material.

Orientações, sugestões e agendamentos para coleta seletiva do Projeto Eco Estação poderão ser obtidos através dos telefones: 99671-4562, 99777-0288 e 99862-1664.

 

Por fim, leia mais O Mariliense