Ação da segunda dose para idosos de 60 anos e mais tem 26% de faltosos

A ação da segunda dose da vacina Astrazeneca contra a Covid-19 para idosos de 60 anos e mais – que haviam tomado a primeira dose nos dias 5, 6 e 7 de maio -, realizada nesta quarta-feira, dia 28, no ginásio da Unimar (Universidade de Marília), registrou 797 faltosos, ou seja, 26% do total de 3.060 pessoas que estavam agendadas – 2.263 doses foram aplicadas.

O número de faltosos foi considerado muito alto pela Secretaria Municipal de Saúde, que dará mais uma oportunidade a essas pessoas completarem o esquema de vacinação e, assim, ficarem imunizados contra a Covid-19.

Esses idosos de 60 anos e mais que não compareceram nesta quarta-feira (28) poderão ser vacinados na ação deste sábado, dia 31 de julho, das 8h às 17h, também no ginásio da Unimar, juntamente com aqueles que receberam a primeira dose no último dia 8 de maio.

Para isso terão que fazer o agendamento prévio nesta sexta-feira, dia 30, a partir das 9h, pelo seguinte link: https://imuniza.marilia.sp.gov.br.

O secretário municipal da Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior, solicita às pessoas que compareçam às ações da segunda dose. “É fundamental as pessoas compreenderem a importância de se tomar a segunda dose e, assim, completarem o esquema de vacinação. Só desta forma o cidadão terá uma imunização maior e a nossa cidade conseguirá vencer essa batalha, reduzindo o número de óbitos e de internações. Por isso, peço que todos compareçam para receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19.”

MARÍLIA TEM 63,5% DA POPULAÇÃO IMUNIZADA

O município de Marília já tem 63,5% da população imunizada contra a Covid-19, de acordo com o Governo do Estado de São Paulo, através do site www.vacinaja.sp.gov.br/vacinometro.

A cidade já aplicou um total de 206.724 doses das vacinas, segundo dados até as 9h desta quinta-feira, dia 29 de julho.

Das 206.724 pessoas que foram imunizadas, 148.574 receberam a primeira dose, 53.874 já tomaram também a segunda dose da vacina e 4.276 pessoas receberam a dose única, representando 63,5% de imunização da população (total de 240.590 habitantes).

 

Por fim, leia mais O Mariliense