Profissionais seniores e a busca por recolocação no mercado

O filme Um Senhor Estagiário, embora seja uma produção cinematográfica de ficção, retrata a realidade de profissionais experientes que estão em busca de uma oportunidade de trabalho. O enredo mostra os desafios de Ben (Robert De Niro), um executivo aposentado no auge dos seus 70 anos, na busca por retornar ao mercado por meio de uma vaga de estágio destinada à terceira idade.

Segundo Juliane Lourenço do Carmo, docente da área de gestão e negócios do Senac Marília, o filme aborda uma situação comum que ocorre com muitos profissionais experientes. “Muitas vezes ignorado, o funcionário sênior é capaz de proporcionar uma diversidade etária na empresa, o que, na maioria das vezes, possibilita um equilíbrio entre as gerações. Por exemplo, enquanto muitos jovens são proativos, porém impulsivos, os mais velhos são coerentes, têm os ‘pés no chão’, lidam bem com as emoções e tomam decisões assertivas, além de ser um público propenso a se manter na empresa”, ressalta.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem hoje mais de 15 milhões de idosos, sendo que, destes, 4,5 milhões continuam no mundo do trabalho. “Com as mudanças e dificuldades que se apresentam no setor econômico, não podemos esquecer que esses idosos, em alguns casos, são os principais provedores das famílias”, pontua Juliane.

Independente do motivo que justifique a continuidade profissional, esse público é capaz de contribuir com o conhecimento adquirido e a experiência vivenciada. E apesar dos empecilhos que ainda encontram, muitas empresas já perceberam que a contratação de pessoas mais experientes é uma aquisição inteligente e que, por meio de investimentos em educação e capacitação, contribuem em criar um ambiente mais igualitário.

Para quem integra esse grupo e deseja se recolocar no mundo do trabalho, a docente indica algumas iniciativas que atraem as empresas:

  • Manter o currículo atualizado;
  • Manter a qualificação profissional, incluindo, conhecimentos em recursos tecnológicos;
  • Ter um perfil no LinkedIn e em outras redes sociais, como Facebook e Instagram;
  • Enviar e-mails estratégicos se candidatando às vagas e se cadastrar nos sites das empresas;
  • Acompanhar as mudanças do mercado;
  • Utilizar recursos do WhatsApp e plataformas de videoconferência para possíveis entrevistas on-line;
  • Manter o aprimoramento da comunicação;
  • Fortalecer o networking (rede de contatos).

Conhecimento

E para quem deseja se qualificar antes de encarar esse desafio, o Senac Marília tem cursos com inscrições abertas. Para mais informações, acesse o Portal: https://www.sp.senac.br/senac-marilia. A instituição também está com a campanha de cursos técnicos por R$ 99 mensais, desenvolvida para reforçar que o aprendizado técnico pode ser o caminho ideal para quem busca uma oportunidade de traçar novas rotas na carreira, especializar-se em uma área de interesse ou até mesmo conseguir uma recolocação profissional.

 

Por fim, leia mais O Mariliense