Prefeitura lança nesta quarta o programa “Imuniza Marília Kids”, veja como cadastrar o seu filho(a)

A Prefeitura de Marília lança o programa “Imuniza Marília Kids” voltado para a vacinação contra a Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades ou deficiência, nesta quarta-feira (19), a partir das 16h30, na UBS Chico Mendes.

O evento marca o início da vacinação de crianças e reforça a necessidade da imunização total com as duas doses da vacina. Para isso, a Prefeitura de Marília vai entregar um Certificado de Proteção bem diferente, que mostra a importância das duas doses. No texto além do nome da criança a mensagem é de conforto e incentivo: “Enfrentou a agulhinha que salva vidas. Te esperamos para a segunda dose!”

Na cerimônia de lançamento, que contará com a presença do prefeito Daniel Alonso e de autoridades convidadas, a Prefeitura preparou um ambiente descontraído para divertir o público com palhaço e balões.

Para o prefeito Daniel Alonso “Marília, mais uma vez, está fazendo a sua lição de casa. Com a vacinação das crianças vamos avançar mais e mais e, desta forma, conseguiremos frear o avanço da pandemia”.

Ele ressaltou ainda a importância da população continuar a seguir todos os protocolos como o uso de máscaras e de álcool em gel e, principalmente, manter o distanciamento e evitar aglomeração.

Primeiras doses

Nessa primeira remessa o Governo do Estado enviou para Marília 1.040 doses do imunizante da Pfizer.  As UBS Planalto, UBS São Judas, UBS Santa Antonieta e UBS Chico Mendes oferecerão 210 doses cada; já a UBS Alto Cafezal terá 200 doses. A vacinação ocorrerá das 17h às 19h30 mediante cadastro prévio no site https://imuniza.marilia.sp.gov.br .

“Vamos iniciar a vacinação das crianças com comorbidades do mesmo modo que começamos com os adultos, as exigências, como documentação em dia e atestados serão obrigatórias”, disse Cássio Luiz Pinto Júnior, secretário da Saúde de Marília.

Para tornar o atendimento mais rápido nos locais de vacinação, a Prefeitura pede para que as pessoas façam um pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br. Vale ressaltar que não é um agendamento e o preenchimento não é obrigatório para receber a vacina, mas contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão na hora da vacinação.

Confira as comorbidades consideradas pelo Ministério da Saúde

– Insuficiência cardíaca;

– Cor-pulmonante e Hipertensão pulmonar;

– Cardiopatia hipertensiva;

– Síndrome coronarianas;

– Valvopatias;

– Miocardiopatias e Pericardiopatias;

– Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosa;

– Arritmias cardíacas;

– Cardiopatias congênitas;

– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

– Talassemia;

– Síndrome de Down;

– Diabetes mellitus;

– Pneumopatias crônicas graves;

 

Por fim, leia mais O Mariliense