Bolsa do Povo Trabalho abre inscrições nesta terça com 100 vagas para Marília

A Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Marília, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, estará abrindo a partir desta terça-feira (25) e até o próximo dia 7 de fevereiro, as inscrições para o Programa Bolsa do Povo Trabalho.

Para Marília serão abertas 100 vagas, distribuídas entre as secretarias municipais. Os selecionados iniciarão o trabalho no dia 3 de março de 2022.

O Programa Bolsa Trabalho tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

O prefeito Daniel Alonso disse que esse programa é mais uma oportunidade às pessoas mais necessitadas. “O programa Bolsa Trabalho é exclusivo para as pessoas que estão mais precisando e vai oferecer 100 vagas para Marília em diversas áreas. Aqueles que estiverem dentro das condições exigidas pelo programa devem fazer suas inscrições até o dia 7 de fevereiro, sendo que o início do trabalho será dia 3 de março.”

Para fazer as inscrições, os Bolsistas terão que acessar o sistema do Bolsa do Povo no site www.bolsadopovo.sp.gov.br, através do LoginSP, efetuar o Login com o CPF e senha. Caso não tenha cadastro, efetue seu cadastro.

Caso seu cadastro apresente divergências, você poderá ir até o PoupatempoO mais próximo para efetuar o cadastro no LOGINSP.

Lembrando que o Poupatempo não faz o cadastro no sistema do Bolsa do Povo, somente atualizam as informações do LOGINSP, para que o cidadão possa efetuar seu cadastro no programa.

As condições para o cadastro no Programa são:

– Situação de Desemprego, desde que não seja beneficiário de seguro-desemprego ou qualquer outro programa assistencial equivalente;

– Residência no Estado de São Paulo, pelo período de 2 (dois) anos;

– Renda per capita familiar de até meio salário;

– Alistamento de apenas 1 (um) beneficiário, por núcleo familiar;

– Ser maior que 18 anos.

Há ainda os seguintes critérios de priorização:

– Mulheres arrimo de família;

– Maiores encargos familiares;

– Maior tempo de desemprego;

– Maior idade.

Os documentos exigidos para confirmação do cadastro são:

1) RG, conferir se seu nome no RG está correto, e se o RG está com a emissão de no máximo 10 anos;

2) Consulte seu CPF no site https://servicos.receita.fazenda.gov.br/servicos/cpf/consultasituacao/consultapublica.asp  e verifique se o CPF consta como regular;

3) Caso esteja com o cadastro único desatualizado procure o CRAS para atualizar o cadastro único;

4) Caso não tenha carteira de trabalho ou tenha perdido deverá baixar o aplicativo da Carteira Digital e efetuar o cadastro.

Os bolsistas da primeira turma do Bolsa Trabalho também podem fazer a inscrição para essa nova turma.

Mais informações podem ser obtidas na Central de Atendimento, pelo telefone 0800 7979 800.

 

Por fim, leia mais O Mariliense