Boris Johnson admite preocupação sobre Ucrânia e pede recuo de Putin

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, admitiu nesta terça-feira ter grande preocupação com a situação atual na Ucrânia e pediu que o presidente da Rússia, Vladimir Putin recue sobre qualquer intenção de abrir um conflito.

“Essa é uma situação muito, muito perigosa, difícil. Estamos na beira do precipício, mas ainda há tempo para que o presidente Putin dê um passo atrás”, garantiu o chefe de governo britânico.

BOLSONARO E RÚSSIA

O porta-voz da presidência da Rússia, Dmitry Peskov, se manifestou nesta segunda-feira sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro ao país, que acontecerá daqui dois dias.
“Esperamos essa visita com impaciência”, garantiu em entrevista coletiva o representante do governo liderado por Vladimir Putin.
Por fim, leia mais O Mariliense
Fonte: EFE