Obrigatoriedade do símbolo de autismo em placas de prioridade é aprovado pela Câmara

Um projeto de lei que torna obrigatória a inclusão do símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista para a identificação da prioridade desse grupo em serviços e transportes foi aprovada nesta terça-feira (10) pela Câmara dos Deputados.

O símbolo que representa em todo mundo a conscientização do transtorno do espectro autista é uma fita quebra-cabeça de várias cores. A relatora da PL foi a deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (União-TO) afirmou que  a utilização da faixa tornou-se facultativa, em dezembro de 2020, a sociedade brasileira passou a ter mais consciência da representatividade da faixa e da sua real importância para melhorar o atendimento às pessoas com autismo.

A relatora apresentou ainda que o autismo é uma síndrome que afeta diversas áreas da comunicação e também influencia no comportamento do indivíduo.

 

Por fim, leia mais O Mariliense