PM prende mulher acusada de atear fogo no próprio irmão

Terça-feira (10), por volta das 19h, uma mulher foi presa pela Polícia Militar acusada de tentativa de homicídio na cidade de Garça/SP.

Após receber o chamado para socorro de uma pessoa em chamas em uma residência no Jardim Nova Garça, uma equipe policial-militar dirigiu-se rapidamente ao local dos fatos, onde a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros já realizava os primeiros socorros a um homem com queimaduras de 2º e 3º graus.

A irmã da vítima estava presente e declarou aos policiais militares que teria ouvido o irmão dizer que iria se matar. Mas, na UPA, o homem afirmou que sua irmã quem teria ateado fogo nele.

Foi dada voz de prisão à mulher e conduzida a CPJ de Marília, onde foi permaneceu à disposição para esclarecimentos. A PM registrou boletim de ocorrência de tentativa de homicídio, mas o caso segue sendo investigado.

Até o encerramento desta ocorrência, o estado de saúde da vítima era gravíssimo e precisou ser entubada.

 

Por fim, leia mais O Mariliense