Escola de Garça adota rodízio de aulas para tentar frear avanço da Covid

A Escola Estadual Nely Carbonieri de Andrade, em Garça, iniciou novamente um rodízio entre os alunos, professores e funcionários para tentar frear o avanço da transmissão da Covid-19. A prefeitura da cidade divulgou a informação nesta quinta-feira (19).

Atualmente, 24 pessoas estão afastadas da unidade escolar, dessas, 15 estão com Covid-19, de acordo com a administração municipal. Por isso, a direção da escola enviou um comunicado às famílias avisando sobre o revezamento que deve acontecer até o dia 25 de maio.

De acordo com a prefeitura de Garça, o rodízio vai acontecer da seguinte forma: parte dos alunos deverão frequentar as aulas presencialmente, enquanto outros assistirão as aulas de forma remota. Todos os estudantes que frequentarem a escola precisam estar de máscara.

Todos os alunos que não forem enviados à unidade escolar terão as faltas abonadas ao fim do semestre. Atualmente, a escola recebe estudantes do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.

O caso está sendo tratado como isolado em Garça. A Secretaria de Saúde informou que foram registrados 57 casos de Covid-19 na cidade, do dia 11 ao dia 17 de maio. No total, Garça já registrou 9.153 casos da doença e 153 mortes, desde o início da pandemia.

Por fim, leia mais O Mariliense