Mulher mantida em cárcere joga bilhete pedindo socorro no quintal da vizinha e é resgatada

A Polícia Militar resgatou uma mulher que era mantida em cárcere privado há meses pelo próprio marido, na tarde dessa terça-feira (12), na cidade de José Bonifácio, no interior do estado. A vítima conseguiu pedir socorro após jogar um bilhete no quintal da casa da vizinha.

No papel, a vítima de 23 anos escreveu: “Oi, sou sua vizinha. Tô presa dentro de casa com duas crianças. Pode chamar a polícia para mim? Tô correndo risco de morte.”

De acordo com a Polícia, a mulher decidiu escrever o bilhete porque havia sido ameaçada pelo marido, de 64 anos. Ela estava sendo mantida presa com as duas filhas, de dois e de sete anos de idade. A residência em que elas estavam possuía muro alto, janelas trancadas com grades e cinco câmeras de segurança.

Ao ler o recado escrito à mão, a vizinha ficou preocupada e resolveu ligar para a polícia, pelo 190. O marido da vítima foi encontrado no trabalho, ele confessou que cometia o crime e que usava o circuito de segurança para vigiar a mulher, alegando sentir ciúmes excessivo.

A vítima não soube informar quantos dias permaneceu presa na própria casa, porque perdeu a noção do tempo, mas informou que foi mantida por meses dentro de casa.

O suspeito foi preso em flagrante por cárcere privado, lesão corporal e ameaça. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil de José Bonifácio.

Informações: G1

Por fim, leia mais O Mariliense