Jovem morre e amiga fica gravemente ferida após serem atropeladas na região

Uma adolescente de apenas 18 anos morreu atropelada em uma estrada vicinal de Guaianás, distrito de Pederneiras, na noite do último sábado (16).

A jovem, identificada como Rhaianne Letícia dos Santos Teixeira, estava em uma festa em um estabelecimento de eventos, com mais duas amigas, às margens da vicinal PDN-444, que faz a ligação entre o distrito e a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225).

Ao saírem do espaço do evento, Rhaianne e uma das amigas foram atingidas por uma camionete dirigida por um homem, de 60 anos, que estava chegando no local para buscar a filha, que também estava na festa.

A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada para o pronto-socorro de Pederneiras, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na madrugada de domingo (17).

A amiga de Rhaianne, que também foi atropelada, de 22 anos, também foi levada para a unidade de saúde, com suspeita de traumatismo craniano. A outra amiga das duas jovens felizmente não foi atingida, mas foi socorrida no acostamento da via, em estado de choque.

O motorista prestou socorro às vitimas e precisou realizar o teste do bafômetro, mas o resultado não indicou a presença de álcool no organismo dele.

O homem relatou à polícia que teve sua visão ofuscada por outro veículo que trafegava no sentido contrário. Ao ouvir o barulho da batida, ele pensou se tratar de uma moto, mas ao parar viu que havia atropelado as jovens e chamou imediatamente o socorro.

O motorista foi preso em flagrante e indiciado por homicídio culposo e lesão culposa na direção do veículo automotor. Ele pagou fiança na delegacia e foi liberado para responder em liberdade.

O corpo de Rhaianne foi sepultado nesse domingo (17).

Informações: G1

Por fim, leia mais O Mariliense