Responsabilidade Social, por Ana Gláucia Lima

Oi, pessoal, como vocês estão?

Espero que estejam bem!

Quero pensar com vocês hoje sobre esse conceito; responsabilidade social.

Pela definição, responsabilidade social é um conjunto de práticas que beneficiam o meio social; ações que uma pessoa ou empresa adotam e trazem algum benefício à sociedade.

Fiquei pensando muito sobre esse conceito dentro do contexto de proteção e cuidado para com o outro.

Acredito que todos, ou a maioria, souberam do “caso do anestesista” que foi “parado” após a coragem de uma gravação e denuncia, não é mesmo?

Fiquei pensando sobre responsabilidade social, empatia, cuidado com o outro e tantos outros movimentos que levaram à denúncia deste crime.

Mas também fiquei pensando do quanto nos esquivamos em nos “comprometermos” com a proteção e bem estar de outra pessoa.

Estamos vivendo momentos muito individualistas e apressados, que não conseguimos olhar pra necessidade e perigo que pessoas ao nosso redor possam estar sofrendo.

Sempre ouvi o conselho: “não se envolve, não é problema seu”. Mas, até que ponto?

Fico imaginado se pessoas não tivessem se envolvido nesse problema, quantas pessoas mais estariam sofrendo até hoje!

No que devemos nos envolver? O quanto somos corresponsáveis, de alguma forma, com algumas impunidades?

O quanto “não colocamos a colher na briga de marido e mulher”?

Fiquei incomodada, e confesso que ainda estou, com essas questões que tem me levado à muitas reflexões a respeito das minhas responsabilidades enquanto ser humano e, possivelmente, mediadora de um cuidado e proteção ao outro.

Pense sobre isso e reflita também no que você pode fazer para promover cuidado, respeito, proteção e amparo em uma sociedade que sofre com tanta impunidade.

Nos vemos em breve!

Grande abraço.

 

Por fim, leia mais O Mariliense