Ex-prefeito da região é preso por estelionato em sentença de ação aberta em 2013

A Polícia Civil prendeu nessa quarta-feira (27), o ex-prefeito da cidade de Iacanga, Durvalino Afonso Ribeiro. A sentença da Justiça decretada diz respeito a uma ação aberta em 2013 que apurou o crime de estelionato. Durvalino estava em casa no momento do cumprimento do mandado de prisão.

O ex-prefeito precisou ser internado após passar por um procedimento de rotina destinado a presos e ficar constatado que ele estava com a taxa de glicemia e a pressão arterial altas. A médica recomentou a internação e ele está na Santa Casa da cidade, sob escolta da Polícia Militar. Nesta quinta-feira (28), o ex-prefeito passou por uma audiência de custódia.

Durvalino já havia sido preso em anos anteriores, a primeira vez foi em 2011, pelos crimes de receptação qualificada, desmatamento e degradação ambiental de uma área de pesquisa do Governo Estadual, na ocasião ele pegou uma pena de sete anos e seis meses.

Já em 2006, o ex-prefeito foi preso pela Polícia Federal, durante a operação “Pinóquio”, a ação penal foi por receptação de madeira extraída ilegalmente da reserva florestal Estação Experimental de São Simão, do Estado de São Paulo. Durvalino foi prefeito de Iacanga de 1996 a 2003.

Por fim, leia mais O Mariliense