Projeto piloto “Boa Horta” é implantado no Teotônio Vilela

O prefeito Daniel Alonso implantou na tarde dessa terça-feira (9), o projeto piloto “Boa Horta”, que tem como objetivo principal gerar segurança alimentar para as famílias que serão beneficiadas com os alimentos e aproximar a população das questões ambientais, além de fortalecer ainda mais a agricultura familiar.

O projeto “Boa Horta” é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, funcionando na rua Sebastião Mazalli, s/n, anexo ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Teotônio Vilela, na zona sul da cidade.

O Boa Horta conta ainda com apoio da Faef de Garça, Cati Marília, Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília) e Secretaria Municipal de Obras Públicas, além dos produtores Thiago e Regina que fizeram a doação de mudas; e Varejão Tonezzi, que levou vários produtos ao local.

O projeto recebeu a doação de mais de 1.000 mudas de hortaliças, entre alface, salsa, beterraba, rúcula, pepino, couve, repolho, entre outras, sendo que a nova horta fica num espaço total de 1.000 m².

A cerimônia de implantação do projeto reuniu diversas autoridades, como o prefeito Daniel Alonso; o vice-prefeito Cícero do Ceasa; os vereadores Marcos Rezende (presidente da Câmara), Evandro Galete e Profª. Daniela; e os secretários municipais Wania Lombardi (Assistência e Desenvolvimento Social), Marcelo de Macedo (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Nelson Mora (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico).

Estiveram presentes também a aluna do curso de Engenharia Florestal da Faef de Garça, Naiara Lima de Souza; a professora da Fatec, Juliana Audi Giannoni; a coordenadora do CRAS Teotônio Vilela, Fernanda Barros Ribeiro; equipe técnica da Assistência Social e representantes da Secretaria de Direitos Humanos, além da própria comunidade daquela região.

“Esta é a primeira de muitas hortas que serão implantadas pela nossa gestão e, além de alimentação saudável e nutritiva, estamos trazendo aos moradores dessa região uma maior interação com o meio de ambiente, senso de responsabilidade e estímulo para uma melhor qualidade de vida por meio de alimentação menos industrializada e processada. A gente conta também com o apoio dessa comunidade para que a horta seja sempre bem cuidada e estamos sempre de braços abertos para apoiar toda iniciativa de segurança alimentar”, afirmou Daniel Alonso.

A secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Wania Lombardi, agradeceu o apoio da gestão, do poder Legislativo e da comunidade para a implantação dessa primeira horta. “Só temos que agradecer ao prefeito Daniel, ao vice Cícero, à Câmara Municipal e à comunidade em geral, tendo vários voluntários envolvidos em mais esse projeto da nossa secretaria. Agradeço também a minha equipe de trabalho e a todos os nossos parceiros que não mediram esforços para que esse projeto tornasse realidade.”

O vice-prefeito Cícero do Ceasa destacou mais esse projeto social. “A família mariliense está muito feliz e orgulhosa disso tudo que está acontecendo. Gerar um futuro com mais qualidade de vida, com segurança alimentar e cuidado com o meio ambiente é deixar um legado de responsabilidade social para as futuras gerações. Parabenizo a todos os envolvidos e certamente em breve teremos muitas outras hortas comunitárias em várias localidades da nossa cidade.”

O vereador Evandro Galete também parabenizou os envolvidos no Boa Horta. “É mais um projeto importante de Marília e dou os parabéns a todos que apoiaram e viabilizaram a implantação desse projeto. Tenho certeza que o projeto será um sucesso e que irá para as demais áreas da cidade.”

 

Por fim, leia mais O Mariliense