Maior armazenador de pornografia infantil do Brasil é preso pela PF na região

A Polícia Federal prendeu o maior armazenador de pornografia infantil do Brasil, durante uma operação na cidade de Cândido Mota, nesta segunda-feira (15).

De acordo com a PF, o suspeito é responsável por armazenar e compartilhar, nos últimos 30 dias, mais de 17,3 mil arquivos de vídeos e fotos contendo cenas de abuso sexual infantil. Esse número o colocava em primeiro lugar no ranking nacional de infratores que vinham sendo monitorados pela Polícia Federal.

As investigações tiveram início quando o órgão identificou um usuário que havia compartilhado arquivos com cenas de violência sexual contra menores de idade. Por meio da utilização de redes de compartilhamento de arquivos os envolvidos cometiam o crime.

A PF cumpriu mandado de busca e apreensão em endereços relacionados ao homem, após autorização da Justiça Federal. O objetivo era localizar os equipamentos utilizados no armazenamento e compartilhamento das imagens.

O suspeito foi preso em flagrante, após ser flagrado com vídeos e fotos contendo pornografia infantil.

Os computadores e outros equipamentos eletrônicos foram apreendidos e passarão por perícia. De acordo com a Polícia Federal, compartilhar arquivos de pornografia infantil prevê pena de reclusão de 3 a 6 anos.

Por fim, leia mais O Mariliense