Brasileirão: Fortaleza vence o São Paulo; Cuiabá e Santos ficam no empate

O Fortaleza segue com 100% de aproveitamento no segundo turno depois de vencer o São Paulo por 1 a 0, em pleno estádio do Morumbi, na tarde desse domingo (28). Esta é a quinta vitória consecutiva da equipe cearense, a sexta partida seguida sem derrotas no Campeonato Brasileiro e o sétimo duelo em sequência sem reveses contando também a Copa do Brasil. O triunfo fora de casa fez com que o Leão do Pici ultrapassasse o próprio São Paulo na tabela, alcançando os 30 pontos, um a mais que o tricolor paulista. Juninho Capixaba foi o autor do gol da partida.

Logo no primeiro minuto de jogo, o torcedor são-paulino teve talvez um prenúncio de que a tarde não seria proveitosa. O atacante Nikão sentiu um desconforto na virilha e deixou o gramado, sendo substituído por Luciano. Atuando em casa, a equipe tomou a iniciativa do duelo mas encontrou um adversário bem postado pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda.

O lance que veio a definir o placar da partida aconteceu aos 31 minutos. Moisés avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Juninho Capixaba completar de primeira e vencer o goleiro Jandrei com um chute forte.

Daí em diante, começou o show do goleiro Fernando Miguel, de 37 anos. O camisa 16, que não sofreu gols desde que assumiu as traves do Fortaleza, se transformou numa muralha instransponível. Logo depois do gol dos visitantes, ele defendeu chute de Nestor e viu Wellington acertar o travessão no rebote com uma bomba. Alguns minutos depois, ele deteve cabeçada à queima-roupa de Galoppo.

No segundo tempo, Fernando Miguel foi ainda mais brilhante. Ele fez pelo menos três defesas dificílimas, a maioria em jogadas do argentino Calleri. Em uma delas, na cara do gol, ele fechou o ângulo do atacante do São Paulo e viu Luciano completar por cima do gol no rebote. Em outro lance, ele foi buscar uma cabeçada no canto esquerdo que tinha endereço certo.

O São Paulo seguiu pressionando, mas o Fortaleza mostrou força defensiva e segurou a importante vitória, que deu um respiro maior ao clube que conviveu durante praticamente todo o campeonato com a zona de rebaixamento. 

Na próxima rodada, os comandados de Vojvoda recebem o Botafogo, no domingo (4). No mesmo dia, o São Paulo visita o Cuiabá. No entanto, antes disso, na quinta-feira (1), o tricolor paulista começa a decidir uma vaga na final da Copa Sul-Americana diante do Atlético Goianiense, em Goiânia.

Cuiabá e Santos empatam na Arena Pantanal

Diante de mais de 19 mil torcedores presentes à Arena Pantanal, Cuiabá e Santos não tiraram o zero do placar. O Cuiabá assumiu o controle das ações desde o início, finalizando muito mais vezes, mas parou no goleiro João Paulo. O Dourado chegou a marcar no segundo tempo, mas o gol de Rodriguinho foi anulado pelo VAR por toque de mão de Felipe Marques no início da jogada.

Com o resultado, o Cuiabá não conseguiu sair da zona de rebaixamento e vai fechar a rodada em 17º, com 25 pontos. Já o Santos, com 34, dorme em oitavo, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Bragantino no desfecho da rodada, na segunda (29).

O time mato-grossense tem como próximo adversário o São Paulo, novamente em casa, no próximo domingo (4). No dia seguinte, é a vez de o Santos entrar em campo, recebendo o Goiás.

Informações: Agencia Brasil

Por fim, leia mais O Mariliense