Mercado brasileiro de TI prevê crescimento de 10% ainda em 2022

Segundo dados do estudo IDC Predictions Brazil, o setor deve crescer cerca de 10,6% ainda este ano. Ou seja, o mercado brasileiro de TI (Tecnologia da Informação) vive seu aquecimento. Contudo, a procura por mão de obra qualificada ainda é um desafio em meio ao êxodo de profissionais da área para mercados estrangeiros. Para a Intelligenza IT, maior consultoria nacional de tecnologia SAP para RH, o segredo está em investir na valorização e no desenvolvimento desses profissionais. 

“As empresas precisam, cada vez mais, criar um ambiente atrativo de trabalho para os talentos. Vivemos um momento de muitas possibilidades para os profissionais TI qualificados, que contam com uma ampla oferta de trabalho de empresas estrangeiras. Para competir com essas ofertas, investimentos em qualificação e capacitação de profissionais se tornam necessários, como benefícios e iniciativas pensadas em prol do bem-estar do time”, afirma Flávio Legieri, CEO e fundador da Intelligenza IT.

Com o fortalecimento da digitalização de processos entre os mais diversos mercados e a evolução da transformação digital para as empresas, o setor de TI sofreu grande valorização no país. Principalmente pelo ponto de vista da cibersegurança, que cresceu devido à necessidade de proteção reforçada na transição dos modelos de trabalho para o ambiente digital.

De acordo com pesquisa realizada pela Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais), estima-se que até 2025, o déficit de mão de obra no setor deve chegar a 797 mil no país. 

Iniciativas internas

Em estudo, a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), aponta que o Brasil ocupa o 10º lugar no ranking dos países com o maior mercado do mundo no segmento da tecnologia. O que retrata a grandeza do país para o setor, que segue em constante expansão.

Nesse sentido, a Intelligenza IT conta atualmente com programa interno de capacitação, que visa qualificar talentos, sendo uma alternativa para solucionar o déficit de profissionais de tecnologia no país.

O Programa de Trainee da HRTech é uma das iniciativas voltadas para a aquisição e retenção de talentos, com desenvolvimento de carreira, planos de qualificação, além de outros diferenciais, como a formação nas áreas de conhecimentos Funcionais e de Desenvolvimento de Softwares, profissões promissoras no mercado de Tecnologia da Informação. “Gostamos de pensar que estamos treinando os futuros líderes da nossa empresa, além de grandes profissionais para o mercado, que irão contribuir para a construção de um RH cada vez mais estratégico”, finaliza Legieri.

 

Por fim, leia mais O Mariliense