“Semana Brasil” acontece até dia 12 de setembro no comércio de Marília

O comércio da cidade de Marília também está fazendo parte da campanha nesta quarta edição da “Semana Brasil” que acontecerá de 2 a 12 de setembro. A ação busca estimular os estabelecimentos comerciais a adotarem ações promocionais conjuntas, a exemplo do que acontece na “Black Friday”, aquecendo as vendas nesse período, utilizando o Dia da Independência como tema.

“O mês de setembro tem apenas a mudança de estação como foco do varejo em geral”, lembrou o presidente da Associação Comercial e de Inovação de Marília, Adriano Luiz Martins, ao ser favorável a um tema específico em todos os meses do ano, como Dia das Mães, dos Pais, da Criança, dos Namorados, entre outras para realçar o fluxo de consumidores entre as lojas da cidade. “Além disso, aproveitamentos para informar os lojistas sobre onde estão nossas publicidades e também o horário de funcionamento do comércio em Marília”, avisou.

Pelo quarto ano consecutivo a proposta é fazer com que a data ganhe força e sirva de estímulo para os comerciantes. “A ideia é criar uma identidade visual para o evento e evidenciar aos consumidores as lojas que participam da ação”, disse o superintendente da associação comercial, José Augusto Gomes, ao lançar a campanha na cidade de Marília e ter a adesão de um grupo de comerciantes mariliense. “Ao mesmo tempo eles irão divulgar a Semana Brasil nas redes sociais, também”, disse dirigente que também considera importante haver um tema específico para chamar a atenção dos consumidores para as lojas da cidade.

Nas três edições anteriores houve o engajamento de todos os setores do varejo, comércio e serviços, e os consumidores tiveram benefícios reais. “Nos unimos, por mais um ano, em prol do pequeno, médio e grande varejista com um objetivo em comum: fortalecer o setor e a economia com ações promocionais em todos os cantos do Brasil”, afirma o presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alfredo Cotait Neto.

Ele deixou claro que a campanha é nacional e conta com o apoio da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB). Para Cotait Neto, a Semana Brasil incrementa também na ocupação de profissionais que vislumbram uma vaga de trabalho para o fim de ano.

“Estamos falando sobre a retomada da geração de empregos, o que mais importa agora. A Semana serve como estímulo para que as pessoas ganhem confiança para realizar compras feitas por prazer”, enfatiza de forma otimista.

Quanto ao horário de funcionamento do comércio de Marília, divulgado na campanha “Semana Brasil”, o dia 7 de setembro é o destaque como feriado nacional e fechamento das lojas, na próxima quarta-feira. Nos dias 03 e 10, os dois primeiros sábados do mês as lojas abrirão das 9 às 17 horas e nos dois sábados seguintes, dias 17 e 24 até às 13 horas.

“Fora isso os demais dias serão normais”, falou José Augusto Gomes ao considerar importante quinta e sexta-feira, após o feriado, quando as lojas das cidades deverão receber um bom fluxo de consumidores, pelo fato de Marília ser considerada polo regional de consumo e atrair mais de 1,5 milhão de pessoas dentre as cidades próximas.

“Isso quer dizer que as lojas estão preparadas para receber os consumidores”, disse entusiasmado, por também acreditar num bom momento entre as lojas durante todo o mês. “Outubro com o Dia das Crianças, Novembro com a “Black Friday” e Dezembro com o Natal, já serão fortes e certamente as vendas serão elevadas”, prevê José Augusto Gomes.

 

Por fim, leia mais O Mariliense