Prefeitura constrói novo reservatório para dobrar a oferta de água no Sistema Peixe

A Prefeitura de Marília, através de convênio com a Caixa, está construindo um novo reservatório de água na ETA-Peixe (Estação de Tratamento de Água do Rio do Peixe), com capacidade para 1 milhão de litros.

A obra, que já está na fase final, vai permitir ao Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) dobrar a oferta de água nos horários de maior consumo ou quando for necessário fazer manutenção na ETA.

Esse Sistema Peixe, que abastece praticamente (49%) a metade da cidade, já conta com um reservatório de 1 milhão de litros de água e, com o novo reservatório que deverá estar funcionando em aproximadamente 20 dias, a oferta de água será de 2 milhões de litros, o que significa atender a cidade por até quatro horas, caso aconteça alguma intercorrência no abastecimento.

O novo reservatório está sendo construído pela Prefeitura, por meio de contrato com a empresa Equipamentos Industriais Céu Azul, num investimento total de R$ 1.319.388,52. Desse valor, R$ 1.224.382,80 são do convênio com a Caixa e R$ 99.005,72 como contrapartida do município.

O prefeito Daniel Alonso, acompanhado pelo vice-presidente do Daem, João Augusto de Oliveira Filho, esteve vistoriando as obras de construção do reservatório.

“Com esse novo reservatório iremos aumentar para 2 milhões a oferta de água tratada, atendendo a população mariliense nos horários de maior consumo. Outro detalhe importantíssimo é que, caso seja preciso fazer alguma manutenção na ETA-Peixe, temos que interromper o sistema de captação e, com o novo reservatório, conseguiremos enviar água para as casas por até quatro horas consecutivas, mesmo com o sistema desligado. É mais um grande investimento da nossa gestão no abastecimento da cidade”, afirmou o chefe do Executivo.

 

Por fim, leia mais O Mariliense