Ibaneis Rocha, Caiado e Ratinho Jr. declaram apoio à Bolsonaro

O governador reeleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, declarou hoje (5) apoio à candidatura à reeleição de Jair Bolsonaro (PL) para a Presidência. Os dois se reuniram na manhã desta quarta-feira no Palácio da Alvorada, em Brasília.

“O Distrito Federal é hospedeiro dos principais poderes, então essa harmonia, desde o início, foi o que nós buscamos”. Durante o anúncio de apoio, Ibaneis citou a importância do governo federal na realização de obras no DF, que tem “dependência muito forte” do Fundo Constitucional.

A instituição do Fundo Constitucional do DF está prevista na Constituição e os recursos, corrigidos anualmente, são usados para custear a organização e a manutenção das forças de segurança pública, bem como assistência financeira para serviços públicos de saúde e educação. Em 2022, a previsão do orçamento do fundo é de R$ 16,28 bilhões.

No primeiro turno das eleições, o candidato Bolsonaro obteve 51,65% dos votos válidos no Distrito Federal. Luiz Inácio Lula da Silva ficou com 36,85% de preferência do eleitorado da capital.

Segundo Bolsonaro, essa harmonia entre os poderes e entes da federação é importante para a governabilidade. “Nada melhor para um Presidente da República do que ter um governador amigo ao seu lado. Todos ganham, em especial a governabilidade”, disse.

“Hoje, vocês podem ver o perfil dos novos ou reeleitos parlamentares na Câmara e no Senado, um perfil mais conservador, mais família, um perfil mais liberdade econômica. Ou seja, está tudo pavimentado para que a harmonia seja completa entre Executivo e Legislativo, para o bem do nosso querido Brasil”, completou Bolsonaro.

Ronaldo Caiado (União Brasil)

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), também declarou, nesta quarta seu apoio a Jair Bolsonaro na disputa do segundo turno. A previsão, segundo a assessoria do Governo de Goiás, é que Caiado vá a Brasília nesta quinta-feira (6) para se encontrar com o presidente. O apoio foi declarado durante uma reunião virtual que contou com a participação de 230 prefeitos goianos e alguns deputados da base do governo.

Paraná

Ainda no Palácio da Alvorada, Bolsonaro recebeu o governador reeleito do Paraná, Ratinho Júnior, e prefeitos e parlamentares do estado. O governador destacou a parceria com o governo federal na realização de obras de infraestrutura no Paraná, como na nova ponte entre o Brasil e o Paraguai que, segundo ele, estão transformando o estado “numa grande central logística da América do Sul”.

“Além disso, o governo do presidente Bolsonaro representa aquilo que a grande maioria dos paranaenses entende como valores importante de uma sociedade, que é defesa da família, da propriedade, a valorização da vida e, automaticamente, entende que esse modelo de governo que está sendo liderado pelo presidente Bolsonaro é um modelo importante para que o Brasil continue crescendo, se desenvolvendo e melhorando a vida das pessoas”, disse Ratinho Júnior.

No Paraná, Bolsonaro teve 55,26% dos votos válidos no primeiro turno das eleições. O segundo colocado, Luiz Inácio Lula da Silva, fez 35,99% dos votos.

 

Informações: Agencia Brasil

Por fim, leia mais O Mariliense