Conheça as cidades fantasmas que atraem turistas em Nevada, nos EUA

De ruínas cheias de relíquias a antigos moinhos e minas, passando por “cidades fantasmas vivas” com lindos hotéis e tavernas ainda em funcionamento, as mais de 600 cidades fantasmas de Nevada, mais do que povoados reais, fazem do estado uma região incomparável sólida e incomum. Quer desbravar algumas destas cidades fantasmas, aqui segue uma sugestão com incríveis cidades fantasmas que valem a pena visitar no Silver State.

Rhyolite

Encravada em um desfiladeiro de rocha vulcânica à beira do Vale da Morte, Rhyolite Ghost Town viu sua população crescer para vários milhares após a famosa descoberta de ouro de Shorty Harris em 1904. No entanto, em 1910 as minas foram fechadas após o terremoto que ocorreu em São Francisco, que interrompeu o serviço ferroviário para a cidade mineira de Nevada, causando seu colapso. Durante o passeio, não se esqueça de visitar as ruínas do banco, armazém geral e estação de trem que estrelaram muitos filmes, bem como a Tom Kelly Bottle House e o vanguardista Goldwell Open Air Museum. Hoje, esta joia de fácil acesso é uma das cidades fantasmas mais fotografadas de Nevada.

Belmont Mill 

Localizada no centro do estado, Belmont mantém várias estruturas com mais de 150 anos, embora muitas não tenham telhado. Isso ocorre porque quando a cidade foi quase abandonada no final de 1800, os garimpeiros queriam preservar a madeira, pois era difícil de encontrar nos desertos de Nevada. Na sua visita não deixe de ver o  Belmont Courthouse (Palacio de Justiça de Belmont) e as ruínas do moinho.

Metrópolis

Escondido nas bacias e colinas de Nevada, você encontrará Metropolis, uma cidade fantasma que nunca teve uma chance com todas as pragas de coelhos, febre tifóide, grilos mórmons, incêndios e secas. O que resistiu ao teste do tempo, no entanto, é um arco de tijolos de dois andares que já serviu como entrada para a escola (ótimo para algumas fotos verdadeiramente impressionantes em meio a mares ilimitados de artemísia). Você também encontrará estruturas do antigo hotel e marcadores históricos da área.

Berlín

Berlim foi criada logo depois que a prata foi descoberta no centro de Nevada durante o final de 1800. Hoje, a cidade fantasma é protegida pelo sistema de Parques Estaduais de Nevada e preserva antigas cabanas de mineiros ainda mobiliadas, uma oficina de reparo de máquinas e o compactador do moinho, acompanhado pelo caminhão Ford vintage do lado de fora, que representa um dos elementos mais fotografados de Nevada. Não perca a Fossil House, onde você encontrará a maior concentração de fósseis de ictiossauros do mundo.

Goldfield

Quando se trata de história ocidental, é difícil vencer Goldfield, Nevada. Este campo de ouro estabelecido em 1902 rapidamente se tornou a cidade mais influente, rica e maior do estado por um tempo, com uma população máxima de 20.000 pessoas. Hoje, esta “cidade fantasma viva” de cerca de 250 moradores cativa com vários edifícios originais lindamente preservados e visitáveis, alguns lugares para beber, atividades para extrair joias preciosas, atividade paranormal, arte estranha e muito mais.

Unionville

Enterrada nas colinas entre Winnemucca e Lovelock está a assustadora cidade de Unionville. Com uma população gigantesca de 20 pessoas, alguns podem dizer que este é um exemplo genuíno de uma cidade fantasma viva, mas com as comodidades mais próximas a uma hora de distância e avistamentos humanos reais poucos e distantes entre si, Unionville definitivamente parece muito assustadora.

Como a maioria das outras cidades fantasmas espalhadas pelo estado de Silver, Unionville teve um clássico boom e colapso depois de ser minerada. Em sua visita, você poderá ir à cabana do autor americano Mark Twain, que escreveu sobre seu tempo lá em seu livro “Roughing It”.

 

Por fim, leia mais O Mariliense