Programa Asfalto Novo: Mais seis ruas recebem recapeamento em Marília

O prefeito Daniel Alonso anunciou na manhã dessa segunda-feira (21) a sequência do Programa Asfalto Novo, com o recapeamento de mais seis ruas, totalizando praticamente 25 mil m² de pavimentação.

Os serviços dessa nova etapa acontecem nas seguintes vias: Rua Dona Maria Feres (trecho entre a Rua Marrey Júnior e Avenida Feres Matar, no bairro Fragata, com 3.509,71 m² de recape; rua Akira Nagasse (entre Avenida Presidente Roosevelt e José Amador Leon), no bairro Boa Vista, com 602,11 m²; Rua Araraquara (entre Avenida Santo Antônio e Rua Lima e Costa), na região central, com 667,93 m²); Rua Ninfa Pietraroia (entre ruas Beline Marconato e Rinópolis), no bairro Palmital, com 10.484,86 m²; Rua Alcides Caliman (entre ruas Ana Saraiva Pavarini e Francisco Guaglianone), no Jardim Califórnia, com 7.115,72 m²; e Rua Beline Marconato (entre as ruas Hermes da Fonseca e Washington Luiz), no Jardim Sasazaki, com mais 2.553,71 m², totalizando 24.953,04 m².

A primeira rua do contrato, iniciada na manhã dessa segunda (21), foi a Dona Maria Feres, sendo que a previsão até o final do mês é realizar os serviços também na Akira Nagasse e na Araraquara.

CODEMAR

Também nesta segunda-feira, a Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília) iniciou o trabalho de recapeamento na rua Corumbis, no trecho entre as ruas Coronel José Brás e Dr. César Martins Pirajás, no bairro Salgado Filho, sendo 1.743,05 m² de novo pavimento asfáltico.

Logo após o serviço na Corumbis, a programação da Codemar terá sequência na rua 7 de Setembro, no trecho entre a Rua Caiçara e Rua Marina Pizza Sampaio Goes), com mais 1.704,23m² de recape.

O prefeito Daniel Alonso destacou mais essa etapa do Programa Asfalto Novo. “Estamos iniciando mais esse contrato com a Maripav e, ao mesmo tempo, a Codemar está prosseguindo com aquele contrato que está em vigência. Desta forma, vamos avançar com o recapeamento nessas duas frentes, melhorando cada vez mais a malha viária da nossa cidade.”

 

Por fim, leia mais O Mariliense