Marília finaliza neste sábado a Semana Estadual de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti com mais ações

A Prefeitura vai encerrar neste sábado, dia 26, sua participação na Semana Estadual de Combate ao Mosquito Aedes Aegipty, promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, com mais ações pela cidade.

Neste sábado (26) vai acontecer a colocação de cartazes no comércio, panfletagem na região central e visitas em imóveis que estão para alugar ou vender.

Desde a última segunda-feira (21), foram realizadas diversas atividades, como avaliação em pontos estratégicos próximos a escolas; visita intensificada na zona sul em área do caso positivo de chikungunya; visitas em imóveis de difícil acesso e de resico, como escolas estaduais e municipais, imóveis grandes, fábricas e indústrias, palestra em associação de apoio à comunidade; visita e avaliação em imóveis especiais; e ação educativa na USF Teruel.

O secretário municipal da Saúde, Dr. Sérgio Nechar, afirmou que Marília seguiu à risca a orientação da Secretaria Estadual da Saúde, estabelecendo uma força tarefa para combater o mosquito Aedes aegypti.

“Sempre com a ajuda da população, conseguimos fazer essa orientação durante a semana e iremos finalizar neste sábado, com panfletagem e colocação de cartazes, principalmente na área comercial, onde o público se concentra mais. É fundamental que o cidadão participe desse combate, eliminando os criadouros do mosquito na sua casa, no local de trabalho e no seu bairro”, afirmou Dr. Nechar.

Para evitar os criadouros do mosquito, a secretaria faz as seguintes recomendações: o prato do vaso de planta também pode ser foco do mosquito e, por isso, deve-se eliminar o prato ou usar um prato justo ao vaso, de forma que não haja espaço entre o vaso e o prato; é importante deixar a caixa d´água bem fechada e realizar a limpeza regularmente; descartar pneus usados em postos de coleta da Prefeitura; objetos que acumulam água, como potes e garrafas, também devem ser retirados dos quintais; e lixo – material para reciclagem deve ser mantido em saco fechado e em local coberto.

Caso o cidadão apresente qualquer sintoma de dengue, zika ou chikungunya, deve procurar uma das unidades de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

Os principais sintomas dessas doenças são: Os principais sintomas da dengue são: febre alta (superior a 38,5ºC), dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

 

Por fim, leia mais O Mariliense