Marília tem aumento de casos de Covid acima de 300% em uma semana e Saúde faz alerta à população

Com um aumento superior a 300% de casos positivos da Semana Epidemiológica 45 (de 6 a 11 de novembro) para a Semana 46 (de 13 a 19 de novembro), a Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, vem a público reforçar o alerta à população sobre as medidas de prevenção à Covid-19.

Na Semana 45, o município havia registrado 34 casos positivos, enquanto que na 46 esse número foi para 147, representando um aumento de 332,35%, deixando os profissionais da saúde em alerta e também preocupados com relação a um possível aumento de internações.

“Temos o dever de reforçar o alerta a nossa população para que intensifiquem os cuidados e as medidas de prevenção à Covid-19. O aumento no número de casos vem ocorrendo em todo o país, principalmente no Estado de São Paulo. E em Marília não está sendo diferente. Os casos positivos subiram acentuadamente e temos que pedir à população para redobrar as medidas de prevenção”, disse o secretário municipal da Saúde, Dr. Sérgio Nechar.

Entre as medidas de prevenções, destacam-se: higienização das mãos com  água e sabão ou álcool em gel, uso de máscara aos grupos de risco em ambientes fechados ou pouco arejados – imunossuprimidos devem usar máscara em todos os lugares -; pessoas que eventualmente não se vacinaram que procurem uma das unidades de saúde do município para concluir a sua vacinação; e pessoas dentro do grupo de risco que tiverem algum sintoma de gripe ou resfriado (nariz escorrendo, dor de garganta, tosse, dores pelo corpo) devem procurar de imediato uma unidade básica de saúde ou serviços de pronto atendimento do município. 

“Para diminuir a transmissão do vírus é extremamente importante que a população retome o uso de máscaras adequadas em situações de maior exposição, como transporte público, locais fechados ou mal ventilados, aglomerações e nas unidades de saúde, além de aeroportos e interior das aeronaves”, afirmou o secretário da Saúde.

ATENDIMENTO

É importante ressaltar que as pessoas devem procurar atendimento nas unidades de saúde, já que todas atendem pacientes com sintomas respiratórios e que estes serão avaliados e devidamente testados.

Já os quadros com desconforto respiratório e falta de ar deverão ser atendidos em pronto atendimento – PA ou UPA -, pois estes dependem de um suporte mais avançado.

A Secretaria Municipal da Saúde informa também que já está em reunião, sendo acionado o plano de contingência municipal contra o coronavírus, que deve ser constantemente observado através da alteração do perfil epidemiológico.

 

Por fim, leia mais O Mariliense