Prefeitura promove o 2º Mutirão em comemoração à Declaração Universal dos Direitos Humanos

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, vai promover nos dias 5, 6 e 7 de dezembro, uma ação social conjunta em prol da população vulnerável do município, visando celebrar os 74 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O 2º Mutirão de Direitos Humanos terá atendimento presencial, com orientações, recebimento de denúncias, defesa do consumidor, currículo social, acesso à justiça, dúvidas e informações sobre programas sociais, INSS, serviços de assistência social, solicitação de RG, solicitação de cartão de vaga preferencial para idoso e pessoa com deficiência, carteirinha do autista, café da manhã para moradores de rua, doação de roupas, exposição de artes, oficinas e serviços de estética e beleza.

Devido aos jogos do Brasil pela Copa do Mundo nas oitavas de final, as datas 5 ou 6 de dezembro, o expediente dos serviços municipais poderão ser encerrados às 14h, com isso os atendimentos do mutirão serão até as 12h, somente em uma destas datas, e no dia 7 de dezembro permanece o horário de atendimento das 8h às 17h.

Para o secretário de Direitos Humanos, Delegado Wilson Damasceno, a primeira edição foi um sucesso. “Neste ano iremos trazer novidades! Graças à colaboração de parceiros e amigos, realizaremos um café da manhã humanitário, além da importante parceria com o Centro de Referência da Mulher, bem como contaremos com profissionais da segurança pública e da justiça, dando destaque a Polícia Civil, que orientará sobre demandas de RGs, à Emdurb com pré-cadastro do cartão de vaga preferencial para idoso e deficiente, e Defensoria Pública da União, órgão publico composto por advogados vindos de Brasília para atender gratuitamente nossa população carente, dando acesso à justiça e promovendo os direitos humanos a todos.”

“Para uma cidade ser acessível, os serviços públicos precisam estar alinhados aos interesses da população carente, pois são os que mais necessitam de políticas públicas e de acesso à justiça. Essas são práticas dos Direitos Humanos, um importante evento de união e solidariedade”, disse o prefeito Daniel Alonso.
– Alguns serviços irão necessitar de agendamento:

Mais informações: (14) 3402-4411

 

Por fim, leia mais O Mariliense