Briga durante jogo do Brasil termina com morte de adolescente no interior de SP

Uma jovem de 17 anos foi morta na sexta-feira (9), em Barretos, no interior paulista, após briga generalizada que ocorreu durante o jogo entre o Brasil e a Croácia pelas quartas de final da Copa do Mundo do Catar. A briga teve início na praça de alimentação do North Shopping Barretos, que estava transmitindo a partida, mas acabou se estendendo para fora das dependências do centro comercial, quando a jovem foi assassinada a tiros. Outra jovem, da mesma idade, também foi baleada com ferimentos no tórax e estava internada. Mais duas pessoas ficaram feridas de forma leve. Um menor, suspeito de participação no crime, foi apreendido.

Segundo a Polícia Militar, a confusão ocorreu por volta das 14h, pouco antes da disputa dos pênaltis, em que a seleção brasileira perdeu para a Croácia e foi eliminada da Copa do Mundo.

Em nota, o North Shopping Barretos informou que “nada de grave aconteceu nas dependências do centro de compras, durante a transmissão do jogo Brasil x Croácia”. Segundo o shopping, houve uma discussão entre jovens que estavam assistindo a partida, “que foi controlada e os envolvidos retirados do empreendimento pela equipe de segurança”.

“Os acontecimentos fora do North Shopping Barretos não são de responsabilidade do empreendimento”, diz a nota, publicada nas redes sociais do centro comercial. “Toda a equipe e família North Shopping Barretos se solidarizam, neste momento de dor, com as famílias das vítimas do lamentável incidente que ocorreu nos arredores do nosso centro de compras”.

As vítimas foram identificadas como Bárbara Carolina Cantídio e Débora Cristina Rebor Basílio, as duas são primas e moradoras de Barretos.

Até o momento, um menor de idade foi identificado e apontado como o autor dos disparos. A Polícia chegou a prender o adolescente ainda na sexta-feira, mas a Justiça determinou a soltura do suspeito nesse sábado (10).

Outros dois rapazes, de 20 e 21 anos, que estavam com as vítimas, também tiveram ferimentos, mas não foram atingidos pelos tiros. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

O corpo de Bárbara foi velado e enterrado no fim da tarde de ontem em Barretos.

 

Informações: Agencia Brasil

Por fim, leia mais O Mariliense