Amar reúne cestas para pacientes renais  crônicos e continua com o bazar solidário

A Amar (Associação Mariliense de Apoio e Assistência ao Renal Crônico) decidiu dar continuidade ao bazar solidário, aberto no começo dessa semana. As vendas solidárias de peças de roupas, calçados, blazers e peças de decoração, além de livros, vão permanecer dentro das próximas semanas. A meta é angariar recursos para auxiliar os mais de 300 pacientes que periodicamente necessitam de hemodiálise e diálise. 

As roupas novas e seminovas seguem com ótimos preços e podem ser conferidas na rua Vinte e Um de Abril, nº 165, das 8h às 18 horas. Dentro dos próximos dias, voluntários e diretoria estarão distribuindo aos pacientes mais carentes cestas básicas que foram montadas a partir de doações e arrecadações entre empresas. Ao todo, conforme informaram a presidente Marlene de Rossi Oliveira e a tesoureira Geni dos Santos Teles Silva, 50 cestas básicas compostas por alimentos essenciais foram montadas. “Queremos agradecer à comunidade e aos voluntários que se uniram para que pudéssemos oferecer cestas aos pacientes”, disseram,

A diretoria informou que, após a pandemia de covid-19, as doações de cestas básicas diminuíram consideravelmente, sendo que hoje em dia a entidade recebe somente cinco cestas mensais. Entretanto, são necessárias 100 cestas para atender aos pacientes e familiares carentes.

A Amar oferece diariamente café da manhã e almoço aos pacientes e acompanhantes. Também coopera com cestas básicas e oferece uma casa para repouso. Associação Mariliense de Apoio e Assistência ao Renal Crônico é uma organização sem fins lucrativos administrada por pacientes, familiares e profissionais da saúde que atuam voluntariamente para oferecer apoio social, físico e emocional para que os pacientes enfrentem o desafio com esperança e dignidade. Além de Marília, a entidade atende pacientes vindos de 60 cidades da região.

Por fim, leia mais O Mariliense