Falta de energia e queima de bombas prejudicam abastecimento em Marília

A falta de água que ocorreu e ainda ocorre em algumas regiões de Marília desde o fim de 2022 e início deste ano é decorrente de diversos problemas em alguns sistemas de produção e distribuição de água.

No dia 27 de dezembro um problema em uma das bombas que envia água do reservatório R06 (APAE) para o R10 (esquina da João Ramalho com a Mem de Sá) reduziu a oferta de água para a região sul, prejudicando o abastecimento de alguns bairros da região.

No dia 1º de janeiro ocorreu a queima da bomba do poço PG04 (Palmital), que abastece a região do Palmital, causando falta de água nos bairros desta região.

No dia 3 de janeiro também aconteceu a queima da bomba do poço PG05 (Cascata), poço este que auxilia o abastecimento da região do Aeroporto e da zona sul, e que ainda se encontra em manutenção.

A troca das bombas de todos esses poços demanda até dois dias de atividade, em que o sistema de produção fica paralisado.

 

Por fim, leia mais O Mariliense