Opinião e Equilíbrio devem pautar a nova Coluna Política de Marília

Em 2023 muitos desafios começaram a ser lançados em nossas vidas no âmbito pessoal e profissional. Os que vivem na zona de conforto (o que é muito bom) estão sendo cada dia mais desafiados a dialogar e a apontar suas ideias e maneira de ver o mundo.

Na área da política nacional muita coisa mudou, para o bem e para o mal, dependendo da visão ideológica de cada um.

Aqui vamos abordar boa parte destas mudanças que influenciam na vida cotidiana de todos nós. Muitos podem questionar – Por que somente agora? – e posso lhes dizer que agora me sinto à vontade para trocar ideias com vocês e demonstrar um ponto de vista comum a muitos brasileiros.

Como muitos dizem na terra da bolacha, muitas coisas acontecem pro lado de cima da linha (trilhos dos trens), e pro lado debaixo. Quem conhece Marília/SP sabe que a cidade é dividida e, recentemente (meados de sete anos) um grupo político vem se destacando e fazendo um contra ponto balanceado a outro grupo político pré-estabelecido desde os anos de 1980.

Com bases sólidas e nichos populares bem explorados, os dois grupos que denominaremos, em um primeiro instante, de “o de cima da linha” e “o debaixo da linha” estão se tornando cada dia mais fortes e robustos, não deixando espaço para nenhum outro Maquinista entrar na briga por suas terras.

Até agora o que vemos é um jogo de xadrez em que os Reis se expões pontualmente e, de maneira singela colocam os peões para brigar, porém sem xeque-mate, pois é melhor conhecer o maquinista e conhecer o dono das terras adversárias, do que ter um novo comandante do lado de lá, que não sabemos como irá lidar com o tabuleiro.

É sobre isso que iremos dialogar toda semana, a partir da próxima terça-feira estaremos juntos nessa jornada, tentando simplificar os fatos e mostrar o que realmente está acontecendo no cenário político municipal, regional, estadual e nacional. Até Terça-Feira.

 

Athos Guerra (Diretor de Jornalismo site O Mariliense)

Por fim, leia mais O Mariliense