Palmeiras derrota o Santos e lidera o Grupo B do Paulistão

O Palmeiras atropelou o Santos na noite desse sábado (4) no Morumbi. A equipe de Abel Ferreira não tomou conhecimento do adversário e se impôs desde o início da partida para sair com os três pontos e um placar de 3 a 1.

Com o resultado, o Verdão chegou a 14 pontos e lidera o Grupo B do Campeonato Paulista. Já o Santos estacionou nos 6 pontos e é o lanterna do Grupo A.

O jogo

Desde o apito inicial, o Palmeiras tomou as rédeas da partida. A primeira boa chance foi logo aos 7 minutos, com um chute forte de fora da área de Raphael Veiga, obrigando João Paulo a fazer boa defesa. Mas o goleiro do Santos não ficou muito tempo em campo. Ele acabou sentindo uma fisgada na coxa esquerda e foi substituído aos 17 minutos por Vladimir.

Aos 21 minutos, o Verdão abriu o placar. Escanteio cobrado por Veiga, Zé Rafael subiu para desviar na primeira trave, mas não alcançou. Zanocelo tentou afastar o perigo, mas a bola bateu em Gustavo Gómez e sobrou para Murilo, na pequena área, tocar para o fundo das redes do Peixe e fazer o primeiro no Morumbi.

O Palmeiras teve boa chance de ampliar aos 32 minutos. Gabriel Menino descolou belo lançamento para Endrick, que cabeceou para fora. Aos 38 minutos, Rony avançou pela direita e cruzou na área. A zaga do Santos bateu cabeça e a bola sobrou para Dudu, livre, perder um gol inacreditável e finalizar para fora. Três minutos depois foi a vez de Piquerez arriscar de fora da área e Vladimir botar para escanteio.

O Verdão não descansou até fazer o segundo. Aos 50 minutos, Gabriel Menino fez grande jogada no meio e lançou Endrick. O camisa 16 passou como quis por Eduardo Bauermann e cruzou para Raphael Veiga. João Lucas se antecipou para cortar e colocou para escanteio. Na cobrança, Zanocelo quase fez gol contra, mas Vladimir salvou. Endrick tentou aproveitar a sobra, mas parou novamente no goleiro santista. Na terceira tentativa Rony soltou a bomba e fez o segundo do Palmeiras no Morumbi.

A segunda etapa começou como terminou a primeira. Logo aos dois minutos, Endrick teve a chance de ampliar. Ele recebeu lançamento de Veiga e tentou driblar Vladimir, mas o goleiro saiu muito bem e fechou a porta para o jovem atacante.

Apesar de pressionar no início, o Palmeiras acabou diminuindo o ritmo. A equipe de Abel Ferreira deu campo ao Santos, mas o Peixe não correspondeu. Quando tinha espaço, o Verdão assustava. Aos 22 minutos, após uma boa chegada pela direita de Gabriel Menino, a bola sobrou para Rony, que chutou cruzado, com perigo, mas ninguém apareceu na área para finalizar.

Abel Ferreira decidiu fazer duas mudanças para aumentar a frequência novamente. Tirou Gabriel Menino e Endrick para as entradas de Jailson e Giovani. E funcionou. Aos 25 minutos, Rony recebeu lançamento dentro da área, dominou de costas para a defesa e passou para Giovani dar o seu primeiro toque na bola, e direto para as redes do Santos: 3 a 0.

Com a vitória garantida, o Palmeiras apenas esperou o fim da partida, enquanto o Santos tropeçava nas suas dificuldades técnicas e emocionais. Mesmo assim, o Peixe ainda conseguiu diminuir o placar aos 49 minutos. Falta cobrada pela esquerda que Eduardo Bauermann completou, de cabeça, para fazer o gol de honra.

Na próxima rodada, o Santos recebe o São Bento, quarta-feira (8), às 21h35, no Canindé. Já o Palmeiras enfrenta o Inter de Limeira, quinta-feira (9), às 19h30, no Allianz Parque.

 

Informações: Agencia Brasil

Por fim, leia mais O Mariliense